A utilização dos conceitos e técnicas contábeis para a administração e controle das finanças pessoais poderá ser utilizado para análise, comparação e tomada de decisões ao longo da vida financeira de uma pessoa.

A proposta de contabilização do patrimônio de pessoas físicas, utilizando-se de alguns conceitos e técnicas contábeis é um de nossos ofícios.

Sabe-se que desde meados do ano de 1994, com a estabilização da moeda através do Plano Real, o brasileiro ganhou a possibilidade de planejar sua vida financeira, por prazos mais longos, como acontece em países desenvolvidos.

Para isso deve-se fazer o planejamento para o futuro a curto, médio e longo prazo. Em um momento em que as relações de trabalho se tornam mais complexas e as mudanças organizacionais acontecem com grande velocidade, a sociedade é desafiada todos os dias a reformular suas idéias e comportamentos para se adaptar aos novos tempos.

Devido a tal fato a matéria que diz respeito sobre o assunto de finanças pessoais, a cada dia que passa vem alcançando amplo interesse por parte de pessoas que lutam para adaptar-se a esses novos tempos, educando-se financeiramente, aprender sobre bons hábitos de como economizar, administrar e planejar seu orçamento pessoal é um dos grandes desafios.